quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Rebelião



As personagens que eu criei estão-se a rebelar, revoltam-se em uníssono, não aceitam o futuro que lhes tinha reservado, querem mudar o enredo, criaram vida própria.
E eu, novo nestas andanças, inexperiente criador de histórias, auscultei as bases, ouvi os críticos e decidi-me. Vou-lhes fazer a vontade. Assim será.

3 comentários:

trepadeira disse...

Nada mais democrático,ouvindo as bases.

Um abraço,
mário

Anónimo disse...

:-)

Rita Carrapato disse...

Armando, volto e deparo-me com esta estupenda imagem que tão bem dá corpo e alma ao texto.

Um beijinho