segunda-feira, 1 de junho de 2015

Semblante



O instante é tão só,
o limbo dos sonhos vindouros
um lapso momentâneo de razão.


Sabes, todos sabemos, o maior sorriso
é o que existe no semblante dos justos.
O teu, enche o mundo.

7 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

que bonito!

a foto está excelente!

boa semana.

beijinho

:)

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Lindas palavras! Uma excelente foto de um local inspirador que presumo seja o S. Leonardo de galafura, local de eleição para Miguel Torga!
Abraço

trepadeira disse...

E com o rio, preso, aos pés.

Abraço,

mário

EU disse...

Já tive oportunidade de comentar esta foto-visão noutro local. E, nesta postagem, enquadra-se muito bem!
Aparentemente parece haver um corte no poema. Mas, atentando bem, entre a espécie de definição de instante e o maior sorriso, há uma relação de causa/efeito. Só saindo da razão e focadas no sentir é que se sabe qual é o maior sorriso.
Parabéns, Armando
Bjo :)

EU disse...

Corrijo:focados

Suzete Brainer disse...

O sorriso que tem uma infinitude

a dar significado ao mundo...

Belo poema acompanhado de uma foto deslumbrante!

Bj.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

...porque o instante és tu!

Abraço