domingo, 28 de novembro de 2010

Estuário


Perto da foz, no entanto nem água doce, nem água salgada, uma mistura de ambos, o estuário é um porto de abrigo, uma zona calma, de garantia de sossego, paz e tranquilidade absoluta. Aqui a solidão não é um isolamento mas sim um sentimento partilhado.

5 comentários:

svasconcelos disse...

Lindo!
bjs,

Anónimo disse...

Magnifica! (...) e como nos transmite Paz...!

trepadeira disse...

Uma beleza à espera da maré.
Um abraço,
mário

Anónimo disse...

Depois do vento, da tempestade, vem a bonança, a calmia, a paz! Espero mesmo que assim seja...
Li

Marta Vasil disse...

Esta foto remete-me para o sossego, para o afago... enfim para a imensidão onde "a solidão não é um isolamento mas sim um sentimento partilhado."
Cruza-se o que temos dentro com o que o olhar nos devolve.
Bela postagem.