quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Será


7 comentários:

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

É essa medida do dilúvio ou do vazio que importa reter na espera dos sinais...

Abraço

Ritinha disse...

Será???
Mas na medida do tempo tudo pode mudar de um segundo para outro, não é mesmo?
Bom demais de se ler nesta manhã de primavera onde estou.
bjs
Ritinha

Lídia Borges disse...


Da incompletude do homem, de frente para si próprio.



Um beijo



trepadeira disse...

Virá um dia a chuva e trará a liberdade.

Abraço,

mário

© Piedade Araújo Sol disse...

virá um dia tudo o que o coração anseia....

:)

Suzete Brainer disse...

Com a magia do sentir

o tempo será inscrito

com a beleza da sabedoria...

Bela imagem em que

o poema se inscreve...

Bj.

Canto da Boca disse...

Algum dia cessaremos de fazer perguntas? Algum dia obteremos todas as respostas? Algum dia as dúvidas deixarão de existir?

O que sei é que entre a razão e o medo há a tua poesia, sempre espetacular!

;))